21-01-2016
A Relatividade das Teorias

universoCientistas que trabalham com o acelerador de partículas LHC, localizado perto de Genebra, afirmam terem conseguido observar partículas de neutrinos viajarem a uma velocidade maior do que a da luz. Embora muitos outros físicos renomados duvidem que essa medição esteja correta, se confirmada, colocaria em xeque a declaração do físico Albert Einstein, criador da Teoria da Relatividade, de que não haveria no universo nada que viajasse a uma velocidade maior que a da luz, aproximadamente 300 mil quilômetros por segundo!

Se esse for o caso, não haveria tanto problema. Primeiro porque o próprio Einstein declarou certa ocasião: “Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que se refere ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta. ”

Como vemos, o pai da Teoria da Relatividade estava preocupado com a questão da estupidez humana, pois ela praticamente aniquila qualquer avanço da ciência. Em outra ocasião o mesmo físico declara: “Triste época! É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito. ”

Esta é a grande diferença entre os postulados científicos e os princípios da bíblia. As teorias estão sempre necessitando de revisão, já a palavra de Deus é imutável. Aquilo que Ele disse a quatro mil anos continua valendo.

Uma doutrina bíblica se caracteriza pela sua universalidade, ou seja, ela vale para todas as pessoas, em todos os lugares e em todas as épocas. Por isso a palavra declara: “Seca-se a erva e murcha a flor; mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente.” Isaías 40:8

Não é aconselhável desprezar as teorias da ciência, assim como não é prudente desconsiderar o que Deus disse. Mas se em algum momento ciência e fé entrarem em choque, fique com a fé. Não seja tolo o suficiente colocando a criatura acima do criador.

Pense nisso,

Gilberto Gedaías Alves